Sunday, June 07, 2009

Terminator: Nulification

O pior que podiam fazer para a icónica saga protagonizada por Arnold Schwarzenegger seria encomendar um tarefeiro (que nem merece ser nomeado neste digníssimo espaço) para tentar misturar influências recentes resultando num filme que promete muito mas que na verdade entrega quase nada, o que aconteceu com este Terminator: Salvation. Às tantas mais parece um derivado de Transformers que outra coisa.

.
Christian Bale tem uma participação secundária, Sam Wortington protagoniza como híbrido e prova disso é o "tropeção" numa piloto da aviação da resistência que, muito por acaso, é assim para o gira e altamente decotada. Há tempo ainda para a salvar dos humanos maus, qual presa condenada aos caprichos dos machos - Steven Seagal deve estar orgulhoso do seu legado.

.
Mauzinho e, do meu ponto de vista, uma ofensa aos dois primeiros .

Adenda Deuxieme: "Sejamos francos, não temos qualquer problema com o facto de, aos quarenta e poucos, o cineasta continuar a preferir uma apresentação ao mundo apenas com iniciais. No entanto, até LL Cool J já se refere a si mesmo por James Todd Smith." Ahahah que toino, God!

2 comments:

Pedro Pereira said...

Enfim concordo contigo no que toca à qualidade da história (o mais importante), contudo há que dar mérito às cenas de acção, que incutem uma estonteante adrenalina ao espectador (pelo menos para quem viu o filme em salas que exibissem a versão digital do filme)...
Resumo, melhor que o terceiro e bem abaixo dos 2 primeiros...

Nia said...

Achei pouco conseguidas - tenho uma certa dificuldade em me lembrar de alguma, até...