Tuesday, April 01, 2008

Vacas & Palhaços

«A meu ver, o único animal de estimação possível é a vaca. As vacas amam-nos. São inofensivas, têm bom aspecto, não precisam de um caixote para defecar, mantêm a erva controlada e são tão confiantes e estúpidas que não se pode senão abrir-lhes o coração. No lugar onde vivo, no Yorkshire, existe uma manada de vacas ao fundo da vareda. Podemos encostar-nos a um muro a qualquer hora do dia ou da noite que, passado um minuto, todas as vacas virão a balancear-se e ficarão junto de nós, demasiado estúpidas para saberem o que fazer a seguir, mas felizes só de estarem connosco. Tanto quanto sei, ficariam ali o dia todo, possivelmente até ao fim dos tempos. Escutarão os nossos problemas e nunca pedirão nada em troca. Serão nossas amigas para sempre. E quando estivermos fartos delas, podemos matá-las e comê-las. Perfeito.»
.
«Devemos ter sempre presente que de uma empresa que escolhe um palhaço meio tolo chamado Ronald McDonald como rosto público oficial, não se pode esperar que exerça o melhor juízo em matéria de imagem corporativa. A gente da McDonald´s necessita de orientação. É preciso dizer-lhes que a Europa não é a Disneylândia.»
Nada no exterior deve indicar que se trata de um McDonald´s «a não ser um discreto decalque dos arcos dourados nas vitrinas e o fluxo constante de pessoas com rabos descomunais a entrarem e a saírem pelas portas. (...) E, para terminar, têm de prometer abater o Ronald. Quando estas condições fossem satisfeitas, deveria então permitir-se que a McDonald´s operasse na Europa, mas nunca antes.» - Bill Bryson, Nem Aqui Nem Ali
.
Este senhor é, tipo, imperdível!

4 comments:

THE NADER said...

Concordo :)

Nia said...

sou fã ;)

curse of millhaven said...

AHAHAHA n conhecia! é genial!! ainda há mentes brilhantes neste mundo!

Nia said...

E como brilha esta! ;)